Archive | janeiro 2011

Quem quer ajudar?

Shalom, amados irmãos!

Nos últimos dias, temos andado completamente envolvidos com o trabalho no CTTB. Temos muito, mas muito trabalho mesmo aqui.

Como os irmãos sabem, toda ajuda é bem-vinda aqui. Nesta oportunidade, queremos notificar que você pode ajudar os jovens que estão estudando conosco, se quiser.

Os alunos que estão aqui deixaram famílias, estudos e empregos para poder servir o Senhor. Todos têm poucos recursos financeiros e estão se virando como podem – e muito felizes.

No dia a dia, eles se deparam com necessidades das mais básicas. Às vezes, você gostaria de investir mas não tem tanto dinheiro quanto gostaria de ter para isso, ou não sabe como fazer sua parte. Então, aqui vão algumas coisas com que você deve poder ajudar.

São sete rapazes e oito garotas, ao todo, alojados no CTTB. Para eles, são muito importantes doações simples como sabonetes, papel higiênico, creme dental, prendedores de roupa, alimentos, produtos de limpeza (desinfetantes, panos de chão, vassouras, pás e rodos), galões de água , botijões de gás e copos descartáveis.

Pode ser que, pra você, semear cinco sabonetes seja bem fácil. Para os estudantes, vai ser ótimo!

Se você quiser fazer qualquer doação para o CT ou para os jovens, você pode ligar para o Ministério Tabernáculos ( [11] 3392-6103) ou escrever um e-mail para nós (contato@tabbrasil.org).

Deus abençoe você!

Ministério Tabernáculos

Anúncios

CTTB ativado!

 

Shalom, irmãos!

As aulas no Centro de Treinamento Tabernáculos Brasil já começaram! Estamos muito felizes e empolgados.

Nós somos quinze alunos, dentre os quais tem gente do Tocantins, da Bahia, do interior e da capital de São Paulo. Gente muito preciosa e cheia de vontade!

Antes de reativarmos esse local, o Recanto SAL (Salvação, Adestramento e Lazer), tinha muita coisa por arrumar no lugar. Mas os irmãos da Igreja da Adoração super se esforçaram voluntariamente e deixaram o local bonito e aconchegante. Somos muito gratos pelo esforço deles! O Senhor vai recompensá-los demais.

Eles ainda estão trabalhando e há muito para ser feito no local. A Associação Tabernáculos Brasil está, como sempre, agindo pela fé e na dependência do Senhor, de Quem nos têm vindo todos os recursos. Então, se vocês quiser colaborar com este sonho de Deus, este centro para capacitação de jovens para o ministério, precisamos de toda a colaboração possível.

Em breve, vamos dizer a vocês como investir com uma oferta. Esta é uma obra em favor do Corpo de Cristo e do Brasil. Graças a Deus, somos uma instituição séria trabalhando para Jesus e sem interesses pessoais.

Assim, você vai saber muito bem onde estará investindo sua oferta: em comida para jovens, em cercas, varais, cortinas, materiais para as aulas, pequenas reformas… Por fim, você estará fazendo a sua parte para investir em irmãos e irmãs que precisam de toda a ajuda para chegar ao centro da vontade de Deus. E esse investimento não tem preço para aqueles em cujos corações, o Senhor o faz queimar.

Em nome de todos os alunos da primeira turma do CTTB, eu agradeço a todos os que têm investido tempo, dinheiro, oração, jejum, trabalho e muito mais em nós. Vocês são sensacionais e nós amamos vocês!

Abraços para todos!

Mitch

Últimas palavras

Quando, pois, Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado! E, inclinando a cabeça, rendeu o espírito. (João 19.30)

Outro ano termina. Mais um ano se inicia. E, assim, o ciclo da vida segue seu curso natural. Muitos de nós, muitos mesmo, já desejamos que este ciclo fosse interrompido.

Nós já tivemos vontade de desistir de tudo, de abandonar tudo, de simplesmente chegar ao fim. Não é mesmo? Você já experimentou este sentimento? Aquela sensação de que o fim seria a melhor coisa que poderia acontecer?

Pensando nisso, uma pergunta me veio à mente: Quais seriam suas últimas palavras se tudo terminasse agora?

Isso me fez pensar. Olhei para a cruz e vi Jesus, cravado no madeiro. Sangrando, com dores, exposto ao sol. Sobrecarregado por nossos pecados. Injustamente punido por homens cruéis, cegados por inveja, religião, ou por sede de poder, sendo publicamente assassinado apesar de inocente.

Não acredito, como já ouvi alguém dizer, que o Pai não estava lá. Mas sei que Ele não pôde interferir. Não sei se o Espírito Santo falou com Jesus, se O consolou durante o martírio vicário. Mas os registros bíblicos não revelam uma só palavra d’Ele.

Ele estava ali, dependurado como espetáculo de horror, sob os olhares de uma multidão, em meio a outros condenados que nada podiam fazer. E, aparentemente, estava só.

Até os Céus escureceram, pois o sol não quis emprestar sua luz para iluminar aquela triste cena. A Terra apenas tremeu.

Quando tudo parecia realmente ter chegado ao fim para Jesus, quais foram Suas últimas palavras? De acordo com o apóstolo João, foram estas: “… Está consumado”!

Foi então que concluí. O céu pode estar escuro, pode não haver luz indicando o caminho. A Terra pode tremer, dando a impressão de que tudo vai ruir. Todos ao redor podem estar impotentes. Mas, se não podemos dizer “Está consumado!”, não podemos admitir o fim de coisa alguma.

Você entende o que digo?

Se não completamos a tarefa, se não atingimos o alvo, se nem tudo está consumado quanto ao que nascemos para ser e fazer, ainda não é o fim! Não pode ser!

Não importa o preço a pagar ou o que viermos a sofrer. Se formos como Cristo, até o que parece ser o fim apontará para um novo começo. Quando Ele morreu, consumou a obra. Mas, depois, ressuscitou. Aleluia!

O apóstolo Paulo parecia entender disso. Ele só afirmou que o fim estava próximo depois de averiguar que havia completado a carreira.

Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé. (II Timóteo 4.7)

Nosso exemplo maior é Cristo, e Deus está trabalhando para nos identificar com Ele (Rm. 8.29, Gl. 4.19, Cl. 1.27c). Enquanto não pudermos usar a mesma afirmação do Senhor como nossas últimas palavras, precisamos seguir adiante, sem nunca parar.

Estou plenamente certo de que Aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até o Dia de Cristo Jesus. (Filipenses 1.6)

Então… Quais seriam sua últimas palavras se o fim fosse agora, estando tudo exatamente como está? Você diria “Está consumado”? Não? Então, siga em frente, amigo. Ainda não é o fim!

Pense nisso, ore a respeito. Renove suas forças, seu ânimo, sua fé, seus sonhos, e não desista. Nunca.

Jesus te abençoe.

Shalom.

Dawidh Alves